Sábado, 19 de Junho de 2021 às 08:38

Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa é celebrado com carreata em Jales

Um pedágio foi realizado nos semáforos para orientar e realizar a distribuição de uma cartilha ilustrada e panfletos para alertar a população sobre a violência contra os idosos

thumbnail

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania participou, na manhã da terça-feira, dia 15 de junho, de uma carreata realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa – CMDPI, percorrendo as principais ruas e avenidas da área central da cidade.

Em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, a carreata também contou com a participação de representantes do Lar dos Velhinhos, Pastoral do Idoso, CRAS - Centro de Referência da Assistência Social e CREAS - Centro de Referência Especializado de Assistência Social.

Os participantes partiram da Avenida Jânio Quadros, nas proximidades do Comboio, e percorreram as ruas Oito, Nove, Quatorze, Avenida Francisco Jalles, até o final do percurso, na Praça João Mariano de Freitas.

Nos semáforos da Rua Oito e da Avenida Francisco Jalles houve um pedágio, onde os motoristas e pedestres receberam orientações e uma cartilha ilustrada do Estatuto do Idoso (Lei Federal nº 10.741). “A cartilha trata-se de um projeto sem fins lucrativos, de caráter voluntário, criada por Marcello Fernando Caldin e ilustrada por Roberto Thot”, ressaltou a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Pérola Fonseca Cardoso.

Também foi distribuído à população um panfleto intitulado “Quem já percorreu um longo caminho merece o nosso respeito” explicando sobre os diversos tipos de violência contra os idosos. “Temos as questões de abandono, violência física, violência psicológica, violência sexual, financeira ou material e ainda a questão da negligência, quando se omitem a ofertar todo e qualquer tipo de assistência alimentar, médica, de higiene ou vestuário. Hoje é um dia de chamarmos a atenção da população mundial para essa problemática que acaba atingindo tantos idosos em todo o mundo. E Temos que lembrar que Jales não foge a essa regra, portanto é preciso denunciar e defender essas pessoas que merecem nosso respeito”, enfatizou o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Antonio Cláudio Francisco.

A secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Pérola Cardoso disse que “é preciso denunciar todo tipo de violência contra a pessoa idosa. Disque 100 e denuncie, mesmo que for de forma anônima. Caso você perceba que seu vizinho idoso ou algum idoso que você conheça não esteja recebendo o cuidado que merece, não está sendo bem alimentado, está utilizando fraldas ou roupas sujas, está sendo agredido fisicamente ou verbalmente, denuncie. Isso é fundamental para que possamos ajudar a diminuir drasticamente o número de agressões. Estamos realizando essa carreata e as orientações com esse objetivo, de chamar a atenção dos jalesenses e mostrar que esse problema existe”.

De acordo com o Estatuto do Idoso, “nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, e todo atentado aos seus direitos, por ação ou omissão, será punido na forma da lei”.


Com informações da Secretaria de Comunicação.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Jales - Polícia apreende três quilos de cocaína e prende dois por tráfico

thumbnail

Após investigação realizada pela DISE (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) de Jales, a Justiça Estadual expediu mandados de busca domiciliar para os endereços de um rapaz de 27 anos e uma mulher de 44 anos.

Volta às aulas: Secretaria de Educação de Urânia elabora plano de retorno seguro às aulas presenciais

thumbnail

De acordo com o plano, o retorno das aulas presenciais seguirá um rígido protocolo de saúde e higiene.