Sábado, 06 de Agosto de 2022 às 08:50

Upa de Jales não pode ampliar quadro de médicos especialistas

Em resposta ao requerimento, o Consirj informou que a Upa é um estabelecimento de saúde de complexidade intermediária, entre a Atenção Básica de Saúde e a Atenção Hospitalar.

thumbnail

O vereador Ricardo Gouveia (PP), em requerimento, questionou o Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região de Jales (Consirj) se seria possível contratar plantonistas para as áreas de ginecologia e de pediatria para atender na Upa. Gouveia explicou que havia uma grande demanda por atendimentos especializados nessas áreas.

Em resposta ao requerimento, o Consirj informou que a Upa é um estabelecimento de saúde de complexidade intermediária, entre a Atenção Básica de Saúde e a Atenção Hospitalar. A Upa realiza atendimento de urgência e emergência e seus atendimentos são para febre alta, fraturas, pressão arterial, derrames, cortes, infartos, entre outros.

Segundo o Consirj, a Unidade Básica de Saúde é onde são feitos os atendimentos de rotina, como pré-natal, a diabéticos, a hipertensos, entre outros. A Upa de Jales está classificada como Porte I e a classificação impossibilita a contratação de um médico ginecologista e de um pediatra, devido a itens não cumpridos para se enquadrar em outra classificação, como ter área mínima de 1000 metros, mais leitos, mais atendimentos e maior população.

Com informações da Assessoria de Imprensa.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Lideranças das pastorais e movimentos sociais assinam Carta Denúncia e Compromisso no encerramento do Seminário Nacional “O Brasil que temos”

thumbnail

Momentos celebrativos, apresentação do “Projeto Popular para o Brasil”, articulações pastorais e publicação de Carta da 6ª Semana Social Brasileira (SSB) integraram o encontro

Professores de Direito do Centro Universitário de Jales participam de curso de extensão internacional

thumbnail

O intercâmbio proporcionou uma experiência ímpar aos diversos convidados, contando com magistrados brasileiros, promotores de justiça, advogados renomados assim como representantes de grandes multinacionais