Quinta-Feira, 21 de Março de 2019 às 15:29

UAB Jales oferece vagas para especialização em Bullying e Violência nas Escolas

O curso tem previsão de início em 1º de agosto e tem duração de 18 meses (510 horas). As inscrições podem ser feitas até às 23h59min do dia 14 de abril.

thumbnail

A Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP, em parceria com o Programa Universidade Aberta do Brasil - UAB, abriram processo de seleção de alunos para os cursos no polo de Jales. Serão ofertadas 36 vagas para o curso de Especialização em "Bullying, Violência, Preconceito e Discriminação na Escola".

 As inscrições podem ser feitas até às 23h59min do dia 14 de abril. O candidato deverá preencher completamente o formulário de inscrição somente via on-line (Internet), através do endereço www.uabjales.com.br, que dará um link para acesso. Não há taxa de inscrição.

 O curso tem previsão de início em 1º de agosto e tem duração de 18 meses (510 horas). Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (17) 99671 9409.

Público Alvo: Professores da educação básica de ensino (educação infantil, ensino fundamental ou médio) em exercício nas redes públicas, privadas e demais profissionais que tenham concluído o ensino superior, admitindo, também, candidatos provenientes da demanda social, igrejas, diplomados em cursos superiores, que atendam os requisitos das instituições de ensino superior ofertantes do curso.

O Coordenador do Polo da UAB Jales, prof. Niltom Ap. Marques de Oliveira, fala da abertura do curso e seus objetivos, principalmente da preparação do docente para o seu público alvo.

Ouça a entrevista

imagem

Papa Francisco aos agentes de saúde: a humanidade de Cristo é a maior escola

thumbnail

“A cura não passa apenas pelo corpo, mas também pelo espírito, pela capacidade de reencontrar confiança e de reagir”, recorda o Papa Francisco ao receber a Associação Católica de Agentes de Saúde

Suspeitos de matar idosa a tiros dentro da casa dela são presos em Santa Albertina

thumbnail

Crime aconteceu em abril e idosa foi baleada no corredor da casa. Segundo a polícia, eles tentaram roubar as joias da mulher.