Quinta-Feira, 12 de Março de 2020 às 09:07

Três Fronteiras - Motociclista morre após bater contra ônibus de estudantes

Acidente aconteceu na rodovia Rodovia Ettore Bottura (SP-595) no começo da noite desta quarta-feira, dia 11

thumbnail

Um motociclista de 25 anos morreu em um acidente de trânsito no começo da noite desta quarta-feira, dia 11, na rodovia Ettore Bottura (SP-595), em Três Fronteiras. A vítima transitava pela rodovia quando perdeu o controle da direção e bateu contra um ônibus de estudantes que transitava no sentido oposto.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motociclista trafegava no sentido Santa Rita d’ Oeste, quando por motivos a serem esclarecidos perdeu o controle e bateu de frente com um ônibus de estudantes da Prefeitura de Santa Albertina. O coletivo tinha como destino Santa Fé do Sul.

A suspeita é que um pneu da moto estourou e provocou o acidente. Com o impacto, o motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente. O motorista e os passageiros do ônibus não ficaram feridos.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil investiga o acidente. A família confirmou que um rápido velório será realizado em Santa Fé do Sul e em seguida será levado para Florestópolis (PR), a cidade natal da vítima.

Allef Willian trabalhava como locutor em emissoras de rádio na cidade de Santa Fé do Sul. Estava residindo em Santa Rita d’Oeste onde tinha casado recentemente.

Com informações de Diário da Região.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Jales - Polícia Militar e Polícia Civil prendem três e apreendem mais de 50 kg de droga

thumbnail

Os três homens foram presos pela prática de tráfico de drogas e associação ao tráfico, além do crime de posse ilegal de arma de fogo.

Hospital de Amor Jales esclarece meios de doação

thumbnail

O Hospital de Amor Jales tem recebido inúmeras denúncias de que há na cidade um indivíduo recebendo doações em nome da instituição de forma indevida, com pedidos feitos de porta em porta.