Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019 às 15:55

Simpósio Ecologia integral será realizado em Jales nas comemorações do Ano Jubilar

O evento que discutirá o meio ambiente e os povos indígenas será promovido pela Pastoral Universitária e a UNIVIDA – Universitários em Defesa da Vida, junto com a Diocese de Jales nas comemorações de 60 anos de instalação.

thumbnail

Em uma ação que promete movimentar toda a Diocese de Jales nas suas comemorações do Jubileu de 60 anos, com a mobilização da Pastoral Universitária e a UNIVIDA – Universitários em Defesa da Vida, será promovido no dia 14 de dezembro, sábado, o Simpósio Ecologia integral - meio ambiente e os povos indígenas, que terá como lema: “Em sua mão está à vida de cada criatura e o fôlego de toda a humanidade.” (Jó 12:10).

O evento ocorrerá ao longo de toda o sábado, no Santuário Diocesano da Santíssima Trindade - Escola Vocacional, com uma estrutura está sendo planejada para proporcionar o um amplo debate, troca de conhecimentos e novas experiências.  

As inscrições que já estão abertas serão efetuadas on-line, pelo link cadastroonline.com.br/simposiounivida2019, podendo ser efetuadas até dia 10 de dezembro,  com a taxa de inscrição de R$ 10,00. São convidados para participar, clero, comunidades paroquiais, lideranças, pastorais, professores e universitários, representantes das instituições de ensino superior da região diocesana, representantes da sociedade civil de Jales e região.

O Simpósio Ecologia integral tem como referência: “Através da promoção da cultura da vida os discípulos missionários de Jesus Cristo testemunham verdadeiramente sua fé naquele que veio dar a vida em resgate de todos, comprometendo‐se de modo especial com os pobres e, em vista da construção de uma sociedade justa e fraterna. Contemplando os diversos rostos de sofredores, especialmente os resíduos e “sobras” o discípulo missionário enxerga, em cada um, o rosto de seu Senhor: chagado, destroçado, flagelado (Is 52,13ss). Seu amor por Jesus Cristo e Cristo Crucificado (1Cor 1,23‐25) leva‐o a buscar o Mestre em meio às situações de morte (Mt 25,31‐46). Leva‐o a não aceitá‐las, sejam elas quais forem envolvendo‐se na preservação da vida. O discípulo missionário não se cala diante da vida sem alimentação, casa, terra, trabalho, educação, saúde, lazer, liberdade, esperança e fé.

ANO JUBILAR

Criada pelo Papa João XXIII e instalada no dia 12 de dezembro de 1959, a Diocese de Jales completa, neste ano de 2019, seu Jubileu de 60 anos de história. Comemorá-lo significa unir a porção do povo de Deus desse território para intensificar o sentimento de pertença. Fortalecer a unidade diocesana, concentrando esforços e recursos para as boas obras, as quais Cristo nos predestinou.

O lema do Jubileu dos 60 anos –“Crescendo em direção a Cristo” (Efésios 4,1-16) projeta a ação de Deus em nossa história diocesana à Luz da Sagrada Escritura, para o futuro. Crescer na alegria da verdadeira fé, sabendo valorizar os dons de Deus, crescer na identidade da Igreja una, crescer no amor, manifesto uns para com os outros e para com todos.

Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira das Américas, que a Igreja celebra no dia 12/12 é inspiração para mais um evento celebrativo do Jubileu Diocesano, uma oportunidade de reflexão e amadurecimento sobre a Ecologia Integral.

PROGRAMAÇÃO

08h30 – Acolhimento dos participantes e apresentação do Mural “EU FAÇO A DIFERENÇA” das Atitudes Sustentáveis do dia a dia.

09h – Abertura do simpósio – Oração

09h30 – Café

10h – Palestra: Ecologia integral e meio ambiente

ProfªIdárci Esteves Lasmar - Mestre em Didática da Geografia pelo Instituto Superior Pedagógico Enrique José Varona. Bacharel Licenciada em Geografia e Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais. Experiência no exercício de cargos de Assessoramento e Direção no Governo do Estado de Minas Gerais (Assessora da Diretoria de Proteção da Biodiversidade, no Instituto Estadual de Floresta).

11h30 – Apresentação Dança indígena, grupo de indígenas da Reserva Indígena de Dourados/MS. A simbologia dos elementos da terra, da fauna e da flora levará à plateia toda a riqueza da cultura indígena sul-mato-grossense.

12h – 13h30 – ALMOÇO – será oferecido no local, a R$ 10,00, a quem interessar

13h30 –Palestra: Meio ambiente cultural e o reconhecimento das terras indígenas na Amazônia.

ProfªDra Aparecida Luzia Alzira Zuin - Pós-Doutorado em Direito- UERJ-RJ. Pós-Doutora em Estudos Culturais – UFRJ-RJ. Pós-Doutorado na linha de Cultura e Desenvolvimento, pela UFRJ-RJ. Doutora e Mestra em Comunicação e Semiótica - PUC-SP.

15h – Café. 15h30 – Depoimento de voluntários Missões UNIVIDA

15h45 – Mesa Redonda - promover o debate e levantar questionamentos acerca do meio ambiente na região de Jales.

17h – Encerramento com a participação de indígenas – Momento Cultural.


Com informações da Assessoria de Comunicação UNIVIDA.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

Ouça a entrevista

imagem

Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial

thumbnail

Calendário de pagamento será divulgado na próxima semana

Urânia tem 326 casos de dengue confirmados em 2020

thumbnail

Chama atenção o fato de todos os casos terem ocorrido dentro dos limites municipais, ou seja, em nenhuma ocorrência o vírus foi contraído fora da cidade e notificado em Urânia