Quarta-Feira, 28 de Novembro de 2018 às 16:00

Santa Casa de Jales encerra comemorações dos 60 anos

A Santa Casa de Jales recebeu no dia 27 de novembro, data de 60 anos de fundação, o palestrante André Gandolfo, ele que é músico, fotógrafo e poeta, membro da ANLPPB, Academia de Letras reconhecida pela UNESCO.

thumbnail

Antes de iniciar a palestra, o provedor Junior Ferreira quebrou o protocolo para apresentar uma carta de agradecimento de um paciente que passou pelo hospital e foi convidado a participar da manhã de encerramento das comemorações “Esse paciente passou por dias difíceis na UTI, onde ele destacou que nada é mais valioso que o amor pelo próximo e fazer tudo o que temos vontade antes que seja tarde demais, não adianta dinheiro nem bens materiais, somente a maneira de como seremos lembrados quando não estivermos mais aqui,vamos valorizar a vida e quem está ao nosso lado” destacou ele.

André ofereceu aos colaboradores um diálogo musical com o tema “A Saúde da Alma” valorizando o amor com o próximo, proporcionando momentos de reflexão e uma nova visão da vida, a importância de aprender a perdoar e estar sempre preparado para os obstáculos que a vida oferece. Um dos pontos marcantes foi ao finalizar sua palestra ele pediu para que os colaboradores dessem as mãos e cantassem juntos a canção “Marcas do que se foi”, todos se levantaram e a emoção tomou conta do Centro de Estudos da Santa Casa de Jales.

Após a palestra Junior Ferreira declarou encerradas as comemorações de 60 anos de fundação da instituição, foram diversas homenagens ao longo do ano, aos colaboradores mais antigos, aos médicos que prestam atendimento na instituição e fizeram parte da história, além do show com o cantor Daniel no mês de setembro que reuniu Jales e região no Villa Rocca. 

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Jales - Ex-prefeita Nice é condenada pela quinta vez

thumbnail

O caso envolve a compra de uniformes escolares em 2013.

Procurado que usava nome falso em Jales é descoberto pela polícia

thumbnail

Ele estava sendo "procurado" pela Justiça por ter cometido um roubo qualificado na cidade de Mauá no ano de 2001.