Quarta-Feira, 16 de Agosto de 2017 às 10:42

Preço da carne bovina fica mais caro em supermercados da região

O preço da carne bovina sofreu uma elevação significativa nos supermercados de Araçatuba e região nas últimas semanas.

thumbnail

Nesta época do ano acontece a entressafra do boi gordo. De acordo com Horácio Codognotto, ​especialista em venda de carne bovina no interior de SP, a falta de animais prontos para o abate é o maior ponto do problema. "A procura é maior do que a demanda, fazendo com que a escala de abate fique curta. O normal é que essa escala seja de aproximadamente 10 dias, mas ultimamente caiu para cinco", explica.

O preço da arromba do boi chegou ao menor patamar desde 2014. Atualmente, segundo o site www.pecuaria.com.br, especialista no setor, a arroba é vendida a R$ 129,00 no noroeste de SP. "No estado de SP, estavam vendendo a arroba por R$ 150,00. Como aumentou muito a oferta pelo boi, o preço caiu para R$ 129,00 nas últimas duas semanas", disse Codognotto.

Segundo ele, o preço de algumas peças subiram de 5% a 9,5% nos supermercados locais. O patinho, por exemplo, sofreu aumento de 5%, enquanto a costela de boi, por exemplo, subiu 8%. Outras peças que subiram foram o coxão mole (8,5%), alcatra (9%) e o contra filé (9,5%).

E a previsão do mercado não é otimista para as próximas semanas, já que a reposição dos animais - feita pelos pecuaristas - está em ritmo desacelerado. "Deve haver mais aumento até o fim de agosto. Não dá para prever queda no preço da carne bovina ainda", finalizou o especialista.

Fonte: SBT Interior 

Mais informações de Jales e região você confere no www.radioassuncao.com.br 

imagem

Papa convida um grupo de pobres para um almoço de Natal

thumbnail

Em um evento organizado pela Esmolaria Apostólica, em nome do Papa Francisco, um grupo de pobres assistidos pela Diocese de Roma terão um almoço de Natal oferecido pelos atletas do Grupo Esportivo “Fiamme Gialle"

Escolas municipais de Jales participam da 1ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

thumbnail

Todos os alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental regularmente matriculados nas escolas públicas municipais participaram da OBMEP. As escolas seguiram o regulamento da aplicação, correção e premiação.