Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019 às 17:15

Pacientes lamentam morte de médica de 26 anos após acidente: 'Profissional amável e de bom coração'

Acidente foi registrado na madrugada de sexta-feira (23), na rodovia Doutor Leo Luchesi, em Populina. Enterro de vítima será feito no cemitério de Bauru, cidade onde familiares moram.

thumbnail

Pacientes da médica Gabriela Salles Caricati, de 26 anos, que morreu após capotar o carro que dirigia na rodovia Doutor Leo Luchesi, em Populina, usaram as redes sociais para lamentar a morte da jovem.

O acidente foi registrado na madrugada de sexta-feira (23). De acordo com a Polícia Rodoviária, a vítima estava a caminho da Santa Casa, local onde trabalhava, quando perdeu o controle da direção e o veículo capotou até parar no acostamento.

A morte causou comoção web. Um homem chegou a escrever em uma postagem do Prefeito de Populina, Adauto Severo (PPS), que “nossa população perdeu uma grande profissional, amável e de bom coração".

Em outro comentário, outra mulher relembrou que o neto dela tinha se consultado com a médica um dia antes da morte dela e disse não ter acreditado quando recebeu a notícia do acidente.

“Ainda ontem ela consultou meu neto. Disse que estava com suspeita de catapora. Pediu que retornasse hoje que ela queria ver ele novamente. Realmente, ele amanheceu com catapora. Só que não deu tempo de a Doutora ver”, escreveu em um trecho.

“Meu Deus! Como não somos nada nessa vida. Tão nova, cheia de vida, e num piscar de olhos tudo se acaba. Os meus mais sinceros sentimentos a família da Doutora. Que sofrimento meu Deus”, completou a mulher.

Em outros comentários, moradores desejaram pêsames aos familiares da vítima e lamentaram o acidente.

Acidente

Depois de capotar o carro, motoristas que passaram pela rodovia acionaram o Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária.

De acordo com a Polícia Rodoviária, a vítima foi retirada das ferragens e submetida a procedimentos de reanimação. Contudo, ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local do capotamento.

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Fernandópolis. O velório e o enterro dela foram em Bauru, neste sábado (24), cidade onde a família mora.

Ainda segundo a corporação, o trânsito no trecho não precisou ser interditado. As causas do capotamento serão investigadas pela Polícia Civil.

Com informações de G1.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial

thumbnail

Calendário de pagamento será divulgado na próxima semana

Urânia tem 326 casos de dengue confirmados em 2020

thumbnail

Chama atenção o fato de todos os casos terem ocorrido dentro dos limites municipais, ou seja, em nenhuma ocorrência o vírus foi contraído fora da cidade e notificado em Urânia