Segunda-Feira, 13 de Setembro de 2021 às 17:57

Nível do reservatório da hidrelétrica de Ilha Solteira cai para 1% da capacidade

Segundo a ONS, operação em hidrelétricas com valores inferiores a 10% requer atenção; mesmo com nível baixo, não há previsão para suspensão dos trabalhos na usina.

thumbnail

O nível do reservatório da Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira caiu para 1,45% da capacidade, de acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) desta segunda-feira (13). Apesar do baixo nível, a unidade opera normalmente.

A usina, construída no Rio Paraná, é a maior do Estado de São Paulo e a terceira maior em operação do Brasil. De acordo com a empresa CTG Brasil, responsável pelas operações da usina, a potência instalada é de 3.444 megawatts, com 20 unidades geradoras. A barragem tem 5.605 metros de comprimento, com reservatório de 1.195 quilômetros quadrados de extensão.

De acordo com a CTG Brasil, a usina é projetada para operar até o nível de 314 metros, mas para manter a operação do canal Pereira Barreto sem restrições, a cota mínima de operação pode chegar até 323 metros.

Nesta segunda-feira, o reservatório está dentro do nível mínimo estabelecido pelos órgãos reguladores, sendo correspondente a 1,45% do volume armazenado, se considerado o nível mínimo de 323 metros. Se considerar o nível de 314 metros, o volume correspondente é de 57% do total do reservatório.

No mesmo período do ano passado, o nível do reservatório da hidrelétrica de Ilha Solteira estava em 65%. Já em agosto deste ano, o nível estava em 36%. No começo deste mês, caiu para 10%.

Em nota, a CTG Brasil informou que cumpre rigorosamente a legislação, procedimentos e normas do setor elétrico do país, bem como a política de operação definida pela ONS. Conforme o ONS, a operação de hidrelétricas com nível de armazenamento em torno de 10% é tecnicamente viável, e com valores inferiores a 10% requer atenção, como solicitações mecânicas a que as máquinas são submetidas.

Mais situação crítica

Na Usina Hidrelétrica de Três Irmãos, em Pereira Barreto (SP), também no noroeste paulista, a situação não é diferente. O nível da usina é crítico, com 6,17% da capacidade registrado nesta segunda-feira. Em agosto deste ano, o índice de armazenamento era de 39%. No ano passado, no mesmo período, o nível da represa estava em 62%.

A unidade de Três Irmãos foi instalada na bacia do rio Tietê, a 28 quilômetros da foz, em Pereira Barreto. A potência instalada da usina é de 807,5 megawatts, com cinco unidades geradoras. As usinas de Ilha Solteira e de Três Irmãos fazem parte do principal conjunto de hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, que concentram 70% de toda a água armazenada no país.

Para os especialistas, os baixos níveis de armazenamento das usinas do noroeste paulista são preocupantes e há risco de apagão. “Vários especialistas têm se manifestado que nós devemos passar setembro, outubro e até mesmo novembro com uma atenção muito forte para evitar a ocorrência desses apagões. É possível que a partir de novembro, com o início da estação chuvosa, tenha uma melhoria da situação dos reservatórios, mas vai com certeza depender das condições do verão”, explica Luiz Barata Ferreira, consultor do Instituto Clima e Sociedade.

Com informações de G1.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Jales sediou encontro mensal da Região Turística Entre Rios para discutir fomento ao turismo

thumbnail

Foram apresentados diversos projetos direcionados ao turismo regional, destacando para a elaboração de uma revista que irá mostra o potencial turístico de todos os municípios que compõem a RT Entre Rios.

JACB 1 terá apresentação da Orquestra Sinfônica de Jales sexta-feira

thumbnail

O evento marcará mais uma edição do Projeto Música no Bairro, a entrada é gratuita.