Sexta-Feira, 15 de Março de 2019 às 06:47

Jales - Sem repasse prefeito Flá dificulta trabalho das entidades assistenciais

Atividades e projetos começam enfrentar dificuldades para a manutenção de seus atendimentos com a ausência do compromisso da Administração com a área social

thumbnail

A administração de Jales não tem representado o mesmo entusiasmo e compromisso com que a população em geral tem com as entidades assistenciais, a falta de organização da Prefeitura de Jales por meio do prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, fez com que as entidades chegassem ao terceiro mês de 2019 sem recursos públicos, contando somente com a força de voluntários e das conhecidas promoções.

Atualmente a Associação de Apoio a Criança e ao Adolescente de Jales (AACAJ), a Sociedade Assistencial e Cultural da Alta Araraquarense (SACRA) responsável pelo projeto Corpo e Mente em Movimento, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e Lar São Vicente de Paulo, conhecido como Lar dos Velhinhos, permanecem sem receber os recursos municipais neste ano, demonstrando mais uma vez a falta de compromisso com o social por parte do poder executivo.

Tudo isso traz inseguranças aos funcionários destas entidades, assim como o público atendido, que em sua maioria representa uma parcela da sociedade que conta com este auxílio direto.

A demora para que o recurso seja encaminhado às entidades não é novidade para a população, no ano passado a Prefeitura tratou o processo de formatação de termo de fomento de forma simplesmente morosa. Os repasses só começaram em abril, quando a Diocese de Jales preocupada com o desempenho das funções das entidades, alertou o povo sobre o que estava ocorrendo em artigo escrito pelo Vigário Geral da Diocese, Padre Antonio de Jesus Sardinha, que contou com grande repercussão e reflexos no poder executivo.

Depois de todas as dificuldades enfrentadas no ano de 2018 para o recebimento dos recursos e entendimento das novas leis do terceiro setor que entraram em vigor, os responsáveis pelas entidades procuram os representantes da prefeitura de Jales no começo do segundo semestre em busca de compreenderem melhor o processo e iniciarem os termos com um prazo maior para que os atrasos por parte da prefeitura não se repetissem. Evidenciando que em nenhum momento o prefeito Flá assumiu o seu compromisso com o social, nada foi feito para que tudo fosse desenvolvido com maior antecedência. 

No mês de novembro do ano passado a reportagem do Jornal do Povo da Rádio Assunção FM, compreendendo as necessidades das entidades para que os termos fossem iniciados e problemas não ocorressem, também tentou despertar ações concretas da administração em prol ao social com a divulgação do edital, como estava ocorrendo nos demais municípios da região. Na época a matéria “Jales - Entidades assistências podem começar o ano sem recursos com demora da Prefeitura em lançar Edital”, gerou indignação na população temendo mais uma vez dificuldades com as entidades.

Nenhuma atitude foi tomada pelo prefeito Flá e somente no fim de dezembro a documentação foi lançada, contribuindo diretamente para a demora no envio de recursos como estão tendo agora.

As promessas de campanha e união propagadas pelo prefeito Flá, ficaram no passado e os projetos e suas contribuições para o povo de Jales foram esquecidas. Novamente a falta de compromisso e o comportamento da administração estão dificultando as realidades das entidades. 

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Papa Francisco aos agentes de saúde: a humanidade de Cristo é a maior escola

thumbnail

“A cura não passa apenas pelo corpo, mas também pelo espírito, pela capacidade de reencontrar confiança e de reagir”, recorda o Papa Francisco ao receber a Associação Católica de Agentes de Saúde

Suspeitos de matar idosa a tiros dentro da casa dela são presos em Santa Albertina

thumbnail

Crime aconteceu em abril e idosa foi baleada no corredor da casa. Segundo a polícia, eles tentaram roubar as joias da mulher.