Segunda-Feira, 22 de Junho de 2020 às 15:10

Jales - Mesmo com transtornos, moradores do Jardim do Bosque comemoram obras aguardadas há anos

Por trás destas obras existe um financiamento de R$ 11 milhões para serviços voltados não apenas ao Jardim do Bosque, mas também ao Parque das Flores e Distritos Industriais I e III em Jales.

thumbnail

Apesar da pandemia do coronavírus e diante das grandes preocupações envolvendo o setor de saúde, os trabalhos de infraestrutura para futuras melhorias no Jardim do Bosque continuam a todo vapor.

A Secretaria Municipal de Obras, em nome do secretario Manoel Andreo de Aro, apresentou alguns números importantes deste trabalho, especialmente no Jardim do Bosque: "É uma obra grandiosa. O Jardim do Bosque é um dos maiores bairros territoriais de Jales. São 522 mil metros quadrados em área e destes, mais de 47% da área (242 mil metros) estão sofrendo intervenção direta nesta obra de R$ 11 milhões!".

Manoel ainda explicou que além do asfalto, existe a necessidade de uma adequação das galerias em um bairro que já possui infraestrutura subterrânea: “Precisamos fazer uma reflexão que a implantação destas galerias estão encontrando conflitos com obras já instaladas no bairro. Estamos implantando obras subterrâneas onde já existe uma estrutura. São mais de 2.800 metros linear de galerias novas sendo instaladas além da pavimentação asfáltica. Cerca de 37 mil metros quadrados previstos, sendo 10 mil de pavimentação nova e 27 mil metros quadrados de recapeamento com reforço de base. Destes, mais de 5 mil metros quadrados já foram implantados", contou.

Questionado sobre os transtornos causados aos moradores que uma obra desta proporção gera, o secretário completou: "Nós somos solidários e sensíveis a todas as reclamações e consideramos os transtornos. Existem alguns buracos profundos e que fazem tempo que estão abertos. Já determinamos para melhorar a sinalização de segurança destas obras já que muitos buracos ainda não podem ser fechados", finalizou.

Morador do Jardim do Bosque há mais de 18 anos, Leandro, popular Firmesa, que possui residência na Rua Júlia Pereira de Lima, disse compreender os transtornos da obra: "Só agora estou vendo obras no nosso bairro. A gente entende a sujeira e a poeira. Lá pra baixo não tinha nem rua e quando terminar a obra vai ter. É uma valorização para terrenos e casas, por exemplo. Decidi comprar meu terreno e construir minha casa aqui. É difícil agradar todo mundo, mais futuramente teremos melhorias. Um dia a obra vai acabar!".

Leandro também chamou a atenção para futuras melhorias para os moradores: "Falta muita coisa, alguns pontos que precisam ser melhorados para o bairro. Precisamos de um postinho, uma creche por exemplo, mas acreditamos que com o tempo também chegue!".

Já para Adriele Lodete, que já morou em duas casas no mesmo bairro, o resultado já é notável: "Tive o privilégio de acompanhar não só uma, na rua João Cândido de Carvalho, mas pela segunda vez, na rua Ricardo de Freitas, as obras de recapeamento do Jardim do Bosque. Em meio a tanto transtorno, sabemos que são para melhorias, acompanhei de 'camarote'. Pra nós moradores do bairro que esperávamos ansiosamente pelo resultado, era lindo vê-los rabalhando. Valeu a pena esperar, e insistir em residir novamente no Jardim do Bosque, que trabalho maravilhoso. Gratidão!", finalizou.

Pracinha

O bairro também ganhou recentemente um ambiente adequado para convivência e lazer dos moradores. Na publicação feita através das redes sociais, a Prefeitura de Jales pediu a colaboração da população para que não haja depredação para o local ficar sempre bonito.

Com informações de FocoNews.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Colapso: 100% dos leitos de UTI em Jales estão ocupados

thumbnail

A Santa Casa de Jales atingiu nesta quinta-feira, 02 de julho, 100% de ocupação da UTI (Unidade de Terapia Intensiva), da ala de síndromes gripais e tratamento de casos suspeitos, bem como positivos de Covid-19.

Jales confirma 13 novos casos de Covid-19 e atinge 229 positivos

thumbnail

Taxa de ocupação dos leitos da UTI da Ala de Síndromes Gripais da Santa Casa de Jales volta a subir.