Sexta-Feira, 01 de Fevereiro de 2019 às 09:14

Jales - João Plenário da “Praça é Nossa” se apresentará no Teatro Municipal

Ator Saulo Laranjeira se apresentará em Jales no dia 23 de fevereiro, trazendo o famoso e conhecido deputado corrupto João Plenário e outros personagens.

O humorista e ator Saulo Laranjeira, conhecido nacionalmente como o deputado corrupto João Plenário, do programa “A Praça é Nossa”, do SBT, se apresentará em Jales no dia 23 de fevereiro, a partir das 21h, para um espetáculo que promete ser muito divertida no Teatro Municipal (Centro Cultural Edílio Ridolfo).

O evento será promovido pela Jeter Produções contando com o apoio da Prefeitura de Jales e outros parceiros.  Os interessados em acompanhar a apresentação podem adquirir seus ingresso na Banca do Edu em Jales.

Saulo vai apresentar vários personagens, que prometem divertir todas as idades. O ator transporta o público para o universo mágico das linguagens dos causos, do humor, da poesia popular e do cancioneiro.

Saulo Laranjeira

Nascido em Pedra Azul (Vale do Jequitinhonha-MG), Saulo Laranjeira é um multiartista contemporâneo. Ator, cantor, apresentador, compositor e humorista, que se destaca pela maestria de criar personagens legítimos, interpretar com personalidade belas canções e encantar o público com poemas e causos.

Serviço:

Peça teatral com o ator Saulo Laranjeira (Deputado João Plenário).

Local: Teatro Municipal (Centro Cultural Edílio Ridolfo).

Data: 23 de fevereiro.

Horário: 21h. 

Informações: (17) 3632-2879.  

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Jales - Polícia Militar e Polícia Civil prendem três e apreendem mais de 50 kg de droga

thumbnail

Os três homens foram presos pela prática de tráfico de drogas e associação ao tráfico, além do crime de posse ilegal de arma de fogo.

Hospital de Amor Jales esclarece meios de doação

thumbnail

O Hospital de Amor Jales tem recebido inúmeras denúncias de que há na cidade um indivíduo recebendo doações em nome da instituição de forma indevida, com pedidos feitos de porta em porta.