Quarta-Feira, 29 de Julho de 2020 às 16:54

Jales - Empresa vistoria Viaduto Antonio Amaro para elaborar projeto de recuperação

A empresa tem prazo de 300 dias após a Ordem de Serviço para a execução do projeto.

thumbnail

Engenheiros e técnicos da empresa Carmona Soluções de Engenharia LTDA, de São Paulo, vencedora do processo licitatório que tem como objetivo a elaboração de um projeto com ou sem reforço estrutural e monitoramento da estrutura do Viaduto Antonio Amaro, na Avenida Francisco Jalles, estão no município desde a terça-feira, dia 21, para realizar um estudo sobre o comprometimento daquela obra.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Serviços Públicos e Habitação, Manoel Andreo de Aro, os trabalhos iniciais se darão através de acompanhamento para identificar se existem possíveis movimentações ou aumento de danos à estrutura.

Em 2015, o Viaduto Antonio Amaro chegou a ser interditado para a passagem de caminhões e ônibus com mais de seis toneladas. Por mais de um ano os motoristas dos veículos considerados pesados precisaram procurar rotas alternativas quando desejavam atravessar a linha férrea, visto que o viaduto é considerado o principal local de passagem.

“A estrutura estava comprometida e obras de reparo precisavam ser realizadas. Naquela época, pedidos de emendas e recursos foram feitos aos parlamentares da região, porém nenhuma resposta foi obtida. Para que sejam feitos os reparos, era necessáriaa contratação de uma empresa especializada na feitura de um projeto que apontasse os problemas da construção e o que efetivamente tem que ser feito. Somente depois de elaborado o projeto,dependendo do grau de complicações encontrados, é necessárioa contratação de outra empresa para efetuar as obras”.

Manoel lembrou que o viaduto foi construído há quase 50 anos e nunca passou por uma reforma. “O viaduto já vem apresentando problemas há bastante tempo. Em dezembro de 2009, a pedido da Prefeitura, técnicos do Instituto Paulista de Tecnologia (IPT) vieram a Jales para uma verificação in loco das condições estruturais do viaduto, quando foram constatados alguns problemas. De acordo com o laudo preparado pelo IPT, o viaduto não estava condenado, mas os técnicos recomendaram, àquela época, que fossem adotadas algumas medidas urgentes. Infelizmente, nada foi feito”.

O secretário de Obras ressaltou que “os trabalhos estão iniciando em duas frentes: a primeira referente ao projeto de reforço e recuperação estrutural que já está em suas fases iniciais, sendo executada pelos engenheiros e técnicos da empresa, como também o monitoramento do comportamento da estrutura que se iniciou hoje, terça-feira, 21 de julho, em campo, pelas equipes de engenheiros e topógrafos, que estão cadastrando toda a estrutura do Viaduto Antonio Amaro”.

A empresa tem prazo de 300 dias após a Ordem de Serviço para a execução do projeto.

Com informações da Secretaria de Comunicação.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Novos 10 casos de Covid-19 são confirmados em Jales

thumbnail

País tem 158.101 óbitos registrados e 5.445.475 diagnósticos de Covid-19, segundo levantamento junto às secretarias estaduais de Saúde.

MPF seleciona estudantes de Direito para estágio em Jales e em outros 21 municípios

thumbnail

Prova prevista para o dia 08/11 será presencial, com uso obrigatório de máscara e observância dos protocolos sanitários