Quinta-Feira, 29 de Novembro de 2018 às 09:43

Jales - Começou o julgamento dos suspeitos de desvirem mais de R$ 10 milhões da Prefeitura

Será realizada hoje a audiência de instrução e julgamento dos suspeitos de organização em um esquema fraudulento que desviou recursos da Prefeitura de Jales por aproximadamente dez anos.

thumbnail

Serão ouvidos nesta quinta-feira, 29 de novembro, no Fórum de Jales, a ex-tesoureira Érica Cristina Carpi, apontada como uma das responsáveis pelo esquema, principalmente por ter acesso a todos os dados e por meio disto comandado as ações dentro da própria Prefeitura e a irmã dela, Simone Paula Carpi Brandt, que chegaram a ser presas e conquistaram o direito de cumprirem prisão domiciliar.

O empresário Roberto Santos Oliveira, conhecido como Beto, ex-marido de Érica, assim como Marlon Brandt, também foram presos, mas conseguiram habeas corpus e serão ouvidos.

A audiência ouvirá também a ex-secretária de saúde de Jales, Patrícia Albarello, que ocupava nesta gestão a função de chefe de gabinete da mesma secretaria e era responsável pela conta do Fundo Municipal de Saúde, um dos principais alvos de desvios do esquema. 

Para a audiência a Justiça deverá ouvir ao todo oito testemunhas que foram escaldas para a acusação, incluindo o delegado da Polícia Federal, Cristiano Pádua da Silva, um dos principais responsáveis pelo andamento das investigações até a realização da operação.

A audiência promete ser longa tendo em vista que foram arroladas 24 testemunhas de defesa pelos acusados. Destes, duas pessoas foram chamadas pela defesa de Érica Cristina Carpi, sendo o maior número em prol ao Beto, que contará com oito testemunhas de defesa.  


Foto: Rafael Honorato 

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Papa convida um grupo de pobres para um almoço de Natal

thumbnail

Em um evento organizado pela Esmolaria Apostólica, em nome do Papa Francisco, um grupo de pobres assistidos pela Diocese de Roma terão um almoço de Natal oferecido pelos atletas do Grupo Esportivo “Fiamme Gialle"

Escolas municipais de Jales participam da 1ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

thumbnail

Todos os alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental regularmente matriculados nas escolas públicas municipais participaram da OBMEP. As escolas seguiram o regulamento da aplicação, correção e premiação.