Quinta-Feira, 05 de Setembro de 2019 às 16:57

Jales classifica três equipes para a final do 2º Jogos Infantis do Estado de São Paulo

Com apoio da Prefeitura de Jales, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (SMECT), os atletas jalesenses de handebol, futsal e karatêvão disputar a grande final da 2ª edição dos Jogos Infantis do Estado de São Paulo.

thumbnail

O Campeonato é uma realização do governo do estado de São Paulo, através da Secretaria Estadual de Esportes. Teve início em 03 de junho com a fase sub-regional, e agora,chega a fase final estadual, que será realizada entre os dias 26 de setembro e 5 de outubro, na cidade de Dracena.

Atletismo, Badminton (semelhante ao tênis), Basquetebol, Futsal, Ginástica Artística, Handebol, Karatê, Natação, Voleibol e Vôlei de Praia serão as modalidades disputadas. Jales vai participar de três delas: futsal masculino, handebol masculino, handebol feminino e karatê.

Os Jogos Infantis tem por finalidade desenvolver o intercâmbio social e esportivo, expandir a prática das várias modalidades esportivas e dar oportunidade aos jovens, objetivando a melhoria física, técnica e tática do desporto dentro de uma comunidade ou região, fazendo surgir novos valores no panorama esportivo nacional.

Para os Jogos, as representações municipais devem se apresentar com atletas com idade máxima de 16 anos (nascidos até 2003) e idade mínima de 12 anos (nascidos em 2007).


Com informações da Secretaria de Comunicação.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Jales registra 4 novas mortes por complicações da Covid-19 e chega a 178

thumbnail

Mais 58 pessoas foram recuperadas da doença e liberadas do isolamento domiciliar. Atualmente Jales tem 5.020 pacientes curados.

Polícia Federal de JALES deflagra Operação ORCA no combate à extração ilegal de areia no Rio Tietê

thumbnail

Foram apreendidas três embarcações com rebocadores e balsas, além dos equipamentos de geolocalização. Estima-se que mais de mil e quinhentas toneladas de areia foram extraídas ilegalmente somente na data da operação.