Quinta-Feira, 26 de Julho de 2018 às 12:20

Jales - CIEE e Prefeitura certificam empresas contratantes de Jovem Aprendiz

Empresários de Jales que contratam “Jovem Aprendiz” e estagiários foram homenageados pelo CIEE e Prefeitura de Jales

thumbnail

O CIEE - Centro de Integração Empresa Escola e a Prefeitura de Jales, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social realizaram na manhã da quarta-feira, dia 25 de julho, a solenidade de entrega de certificados às empresas do município que empreenderam esforços no campo social e oportunizaram a inserção de adolescentes e jovens no mercado de trabalho, na condição de aprendiz e estagiário. Na oportunidade também aconteceu o lançamento e a apresentação do selo “Empresa Amiga do Jovem Aprendiz”.

Estiveram presentes na mesa de honra, o vice-prefeito José Devanir Rodrigues, o Garça, que representou o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, a supervisora regional do CIEE, Daniela Sandrini, a chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Assistência Social Luana Lourenço da Silva e o vice-presidente da Câmara Municipal de Jales, Bismark Kuwakino. Os vereadores Adalberto Francisco de Oliveira, Vagner Selis e Fábio Kazuto também estavam presentes.

O evento dessa quarta-feira fez parte da agenda de mobilização ao combate ao trabalho infantil, que no dia 12 de junho de todos os anos, convoca à ação toda sociedade mundial. Lembrando que o trabalho infantil é toda forma de trabalho realizado por crianças e adolescentes abaixo da idade mínima permitida, de acordo com a legislação de cada país. No Brasil, o trabalho é proibido para quem ainda não completou 16 anos, como regra geral, a menos que seja na forma de aprendiz, quando a idade mínima passa para 14 anos.

Segundo estimativas do PNAD de 2015, no Brasil, temos 406 mil adolescentes trabalhando de forma legal, entretanto cerca de 2,7 milhões ainda são explorados, sem a proteção prevista na Constituição Federal, no estatuto da criança e Adolescente e na Lei do Aprendiz. Em Jales o IBGE aponta a ocorrência de trabalho infantil em 9,39% na faixa de 14 a 15 anos.

“Em relação ao trabalho infantil, persistem grandes mitos e resistência às mudanças e hoje estamos aqui para reconhecer as empresas que ultrapassaram essas barreiras e demonstraram compromisso social abrindo portas para os jovens jalesenses”, frisou a chefe de gabinete da Secretaria de Assistência Social, Luana Lourenço da Silva.

Luana contou ainda que “a equipe da Secretaria de Assistência Social junto com o CIEE tem o objetivo de inserir os jovens no mercado de trabalho, seguindo a Lei da Aprendizagem, que estabelece o cumprimento de cotas estabelecidas pelo Ministério do Trabalho e Lei do Estágio, com benefícios garantidos as empresas que contratarem estagiários. Hoje em Jales temos 12 empresas que contratam aprendizes, somando 40 adolescentes trabalhando sob o Regime de Aprendiz e 21 empresas privadas abrindo portas para 31 jovens estagiários”.

Através do Programa Jovem Aprendiz as empresas contribuem para a inclusão social do jovem no mercado de trabalho, ofertando-lhe o primeiro emprego, e preparando para adquirir e desenvolver as competências necessárias, formando ainda os futuros profissionais do país e da sua empresa.

 “O programa Jovem Aprendiz é ótimo para jovens em busca de primeiro emprego, principalmente os que buscam um curso de qualificação profissional para iniciar no mercado, tendo não apenas experiência prática, mas também teórica. Essa oportunidade me transformou de um menino em um homem de bem. Vim de São Paulo e sei o que é um jovem não ter trabalho. Quero agradecer a todos vocês empresários que estão nos recebendo e dando esta oportunidade”, agradeceu Anderson Bastos, um jovem aprendiz contratado pelas Casas Bahia.

A supervisora regional do CIEE, Daniela Sandrini lembrou que atualmente existem cerca de 80 mil jovens contratados através do programa e que é preciso “a unificação de todos, empresários, jovens e adolescentes e parceiros para que projeto possa ganhar ainda mais força e continuar sendo mantido e proporcionando tantas oportunidades aos jovens”.

O vice-prefeito Garça parabenizou os empresários que foram homenageados. “Vocês oferecem oportunidade de inserção no mercado de trabalho e é bom lembrar: trabalho não mata, ao contrário, contribuiu para a formação do caráter da pessoa e para a geração de renda de sua família. Comecei trabalhar aos 9 anos e estou até hoje, há 56 anos. Quero incentivar vocês jovens para que aproveitem essa oportunidade que lhes está sendo dada, se capacite, adquiram conhecimento porque esta é uma grande chance. Hoje vemos a realidade de muitos jovens que não seguiram pelo caminho do bem, foram para o mundo do crime e das drogas. Não queremos isso para vocês. Parabéns a todos que estão aqui hoje e aos empresários responsáveis por proporcionarem oportunidades que transformam”.

Entre a empresas e órgãos homenageados estão a Prefeitura de Jales, Câmara Municipal, Credicitrus, Colégio Anglo de Jales, Cooperjales Objetivo, Escritório Selles, Ideal Assessoria Contábil, Keleck Alimentos, J. Mahfuz, Delícia'sTorteria, Proença Supermercados, Magazine Luiza, Almeida Pneus, Social Med, Real Assessoria Contábil, Sakashita Supermercados, Santa Casa de Misericórdia de Jales, Farmácia Bom Jesus, Casas Bahia, Mega Ar, Hospital de Amor, Drogaria Brasil, Rematel, Venturini Mármores e Granitos, Previdência Municipal de Jales, Coopercitrus Jales e Divino Pão.

 Fonte: Secretaria de Comunicação 

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br



Ouça a entrevista

imagem

Papa convida um grupo de pobres para um almoço de Natal

thumbnail

Em um evento organizado pela Esmolaria Apostólica, em nome do Papa Francisco, um grupo de pobres assistidos pela Diocese de Roma terão um almoço de Natal oferecido pelos atletas do Grupo Esportivo “Fiamme Gialle"

Escolas municipais de Jales participam da 1ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

thumbnail

Todos os alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental regularmente matriculados nas escolas públicas municipais participaram da OBMEP. As escolas seguiram o regulamento da aplicação, correção e premiação.