Sexta-Feira, 14 de Fevereiro de 2020 às 16:18

Jales - Câmara deverá autorizar alterações de despesas e receitas da Prefeitura

Com a emenda, a Prefeitura pode promover mudanças nas leis que disciplinam sobre despesas, mas para isso precisa ter autorização da Câmara.

thumbnail

A Câmara, em Sessão Ordinária (10), rejeitou o Veto 1/2020, de autoria do Poder Executivo, que excluía a autorização da Câmara para alterar as despesas e receitas estabelecidas pelo Plano Plurianuale pela Lei de Diretrizes Orçamentárias.

O veto excluía a Emenda Modificativa 4/2019, que havia alterado o Projeto de Lei 94/2019. Com a emenda, a Prefeitura pode promover mudanças nas leis que disciplinam sobre despesas, mas para isso precisa ter autorização da Câmara.

O vereador Vagner Selis – Pintinho (Republicanos) comentou sobre a rejeição ao veto: “As Leis4.679/2017 e 4.883/2019 não previam autorização do Poder Legislativo para alterar as despesas. A Câmara fez uma emenda dizendo que as alterações deveriam, sim, ser votadas pelos vereadores, como manda a Constituição. O prefeito vetou, afirmando que poderia alterar essas leis sem passar pelo Poder Legislativo, o que não é verdade, por imposição da Constituição Federal”.

O veto foi rejeitado por unanimidade e encaminhado para publicação pelo prefeito em até 48 horas. Como o Executivo não sancionou o dispositivo objeto da emenda, o Pode Legislativo precedeu a sua sanção e promulgação.

Com informações da Assessoria de Imprensa.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Novos 10 casos de Covid-19 são confirmados em Jales

thumbnail

País tem 158.101 óbitos registrados e 5.445.475 diagnósticos de Covid-19, segundo levantamento junto às secretarias estaduais de Saúde.

MPF seleciona estudantes de Direito para estágio em Jales e em outros 21 municípios

thumbnail

Prova prevista para o dia 08/11 será presencial, com uso obrigatório de máscara e observância dos protocolos sanitários