Segunda-Feira, 14 de Maio de 2018 às 15:54

Jales - Arquiteta apresenta projeto para criação de “Mercado Central” e requalificação do Comboio em área da Fepasa

O projeto prevê a construção de um Mercado Central e a requalificação do Comboio na área da antiga FEPASA

thumbnail

Na manhã da segunda-feira, 14 de maio, a arquiteta Isabela de Lima Rossafa, formada pela Belas Artes, na capital paulista, foi recebida pelo prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, na sala de reuniões do gabinete, para mostrar um belo e ousado projeto de conclusão de curso que contempla a criação de um “Mercado Central” e a requalificação da Feira do Produtor Agrícola, o Comboio, na região conhecida como “área da FEPASA”. O objetivo é valorizar o potencial econômico da cidade e fomentar o turismo, principalmente agora, que a cidade foi incluída no MIT – Município de Interesse Turístico. A arquiteta estava acompanhada do pai, o empresário Claudemir Rossafa, que prestigiou a apresentação ao lado o secretário de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Mobilidade Urbana, Nilton Suetugo, de Comunicação, Douglas Zílio e do vereador João Zanetoni.

“Escolhi aquela área, após muitos estudos, por ser um local que ao longo dos anos foi sendo esquecido e abandonado, produzindo grandes vazios urbanos, mas que na verdade, são extremamente carregados de identidade, história e memórias”, argumentou Isabela. A arquiteta pretende, com o projeto, priorizar a produção da agricultura familiar e os produtos da região, incentivando o comércio através do Comboio que seria transferido para aquela área, em um espaço muito mais amplo e moderno. “Em um só lugar iríamos integrar a agricultura, o comércio e o turismo, criando novas referências de espaços de integração social em Jales”.

Para viabilizar o projeto, a arquiteta propõe utilizar edificações existentes, como os galpões da FEPASA, construídos nos anos 50, e o entorno para a construção do Mercado Central (Comboio), ruas, canteiros centrais e uma bonita praça.

O programa é composto de seis setores distintos. O gastronômico, destinado à instalação de restaurantes de médio porte em atmosfera rústica, inserido no armazém da antiga FEPASA, em edificação já existente.  De apoio (segundo), para inserir toda a infraestrutura do Mercado e espaço gastronômico, destinado às áreas de organização, como abastecimento, carga e descarga, vestiários, depósitos de lixo e limpeza, entre outros. Este segundo setor precisará ser construído no terreno.

No Mercado, que seria construído em área de aproximadamente 9 mil metros quadrados, o setor de Produtos seria destinado ao comércio e subdividido em oito zonas: artesanato, flores e plantas, açougue, peixaria e defumados, frutas e cereais, legumes e verduras.  O local contemplaria o setor de entretenimento, destinado principalmente à cultura, auditório, foyer e café, praça de alimentação em um mezanino e setor administrativo. “Tudo foi embasado nas necessidades que o Comboio possui atualmente, porém sem possibilidade de expansão no atual terreno onde a feira está instalada”, completou Isabela. Para a venda dos produtos seriam disponibilizados cerca de 140 boxes.

A arquiteta contou ainda que para dar acesso à nova praça que também seria construída no terreno e a um viaduto que ligaria os dois lados da cidade, pretende fazer o prolongamento de ruas e avenida.

O prefeito Flá e o grupo que acompanhou a apresentação ficaram muito entusiasmados e elogiaram o projeto. “Não temos como não ficarmos entusiasmado, vendo um projeto belíssimo como este, desenvolvido por uma jovem arquiteta que nasceu em Jales e faz parte de uma família tradicional da cidade, foi estudar em São Paulo, mas não deixou de pensar em sua terra Natal quando desenvolveu seu projeto de conclusão de curso. Vamos analisar a viabilidade do projeto, estudarmos a busca por recursos para, quem sabe, fazer tudo isso sair do papel. É realmente impressionante e de muito bom gosto, você está de parabéns, Isabela”, ressaltou o prefeito Flá.







Fonte: Secretaria de Comunicação 

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br


imagem

Jales - Ricardo Junqueira, acusa vereador Tiago Abra de ser contra a contratação de nova empresa para auxiliar a administração

thumbnail

O Auditor fiscal da Prefeitura de Jales que se encontra em período de férias, era também o Controlador Interno das finanças da municipalidade

Ação nas redes sociais alerta sobre as condutas proibidas a agentes públicos no período eleitoral

thumbnail

Posts nos perfis oficiais do MPF vão esclarecer o que pode e o que não pode ser feito por pessoas que trabalham em órgãos públicos