Quarta-Feira, 11 de Abril de 2018 às 11:41

Ilha Solteira - Forte comoção no enterro da universitária assassinada

A jovem foi morta à facadas pelo ex-namorado, a poucos metros do Campus II da UNESP, onde funciona a Zootecnia. Ele fugiu logo após o crime e continua sendo procurado pela Polícia.

thumbnail

O enterro da universitária Maria Julia Martins Quintino da Silva, que foi assassinada no início da tarde desta segunda-feira (9), na viela de 400 do Passeio Batalha, pelo ex-namorado J. G., de 28 anos, foi marcado por forte comoção. O corpo foi enterrado na tarde desta terça-feira (10), em General Salgado, na presença de um grande número de pessoas, inclusive alunos e professores da UNESP de Ilha Solteira, onde ela cursava o primeiro semestre de zootecnia.

O suspeito esperou a universitária na esquina entre a viela de 400 do Passeio Batalha e o Passeio Colinas, onde a atacou com uma faca. Ele deu vários golpes na estudante, atingindo, principalmente, sua costa e pescoço. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ele é de Ilha Solteira e residia no assentamento Estrela da Ilha, teria tido um relacionamento de três anos com a vítima, encerrado há alguns meses. O acusado também teria deixado um cartão junto ao corpo, mas o conteúdo não foi divulgado pela Polícia.

Além de alunos e professores da universidade, também estiveram em General Salgado para acompanhar o enterro o diretor da Unesp de Ilha Solteira, Enes Furlani Júnior, o vice-diretor Ricardo Ramos, o presidente da Câmara, Rodrigo Batista Gonçalves, o Kokim (PPS), e o vereador Eduardo Vasconcelos (PPS).


Homenagens 

Desde a morte da universitária, vários homenagens foram feitas na cidade. Na noite de segunda, estudantes fizeram uma caminhada do prédio central da UNESP até a Delegacia. Na manhã desta terça-feira, um ato foi realizado na universidade.

A Unesp e a Prefeitura de Ilha Solteira decretaram luto oficial de três dias. A Câmara Municipal emitiu uma nota de repúdio contra "todo e qualquer ato de violência e ameaças, em qualquer situação, sob qualquer pretexto".

Fonte: Ilha de Notícias 

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Papa convida um grupo de pobres para um almoço de Natal

thumbnail

Em um evento organizado pela Esmolaria Apostólica, em nome do Papa Francisco, um grupo de pobres assistidos pela Diocese de Roma terão um almoço de Natal oferecido pelos atletas do Grupo Esportivo “Fiamme Gialle"

Escolas municipais de Jales participam da 1ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

thumbnail

Todos os alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental regularmente matriculados nas escolas públicas municipais participaram da OBMEP. As escolas seguiram o regulamento da aplicação, correção e premiação.