Terça-Feira, 25 de Junho de 2024 às 10:11

Fundo Social de Solidariedade, Senar, Sebrae e Sindicato Rural promoveram curso de Processamento de Milho

Os alunos aproveitam o período das festas juninas para preparar deliciosas receitas a base de milho, como pamonha, curau, pastéis, canjica, tortas, bolo e caldo de “quenga”, pratos que aprenderam a desenvolver durante o curso.

thumbnail

Na quinta-feira, 18 de junho, e na sexta-feira 19, foi promovido por meio de uma parceria entre Prefeitura de Jales, por meio do Fundo Social de Solidariedade de Jales e Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, Senar, Sebrae e Sindicato Rural de Jales, um curso de Processamento Caseiro de Milho. As aulas foram ministradas na Cozinhalimento, ao lado do Comboio Municipal.

Na quinta-feira, os 18 alunos do curso participaram das 8 horas de aulas teóricas ministradas pelo instrutor do Senar de Votuporanga, Antônio Fernando Bertolotto.

Já na sexta-feira, foram ministradas mais 8 horas de aulas práticas pelo mesmo instrutor. Nesse dia estiveram presentes a vice-prefeita Marynilda Cavenaghi, presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeira-dama Alziane Rossafa Moreira, os secretários de Governo e de Desenvolvimento Social e de Comunicação, Reginaldo Viota e Douglas Zílio, além de representantes da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Silvia Avelhaneda Pigari e Michele, e a coordenadora do Senar, Lidiane Serra Lopes.

Nesse dia, os alunos aproveitam o período das festas juninas para preparar deliciosas receitas a base de milho, como pamonha, curau, pastéis, canjica, tortas, bolo e caldo de “quenga”, pratos que aprenderam a desenvolver durante o curso.

A presidente do FSS falou sobre a importante parceria que viabilizou a realização do curso. “Sempre costumo dizer que nossos parceiros são fundamentais para a realização de nossas ações em prol da comunidade mais carente e nesse curso de Processamento Caseiro de Milho. Agradeço ao Sebrae, Senar, Sindicato Rural e Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente que estão conosco nesse projeto que, com toda certeza, proporcionou mais conhecimento para os alunos participantes e poderá contribuir na geração de emprego e renda.

Com informações da Secretaria de Comunicação.

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

imagem

Érica Cristina Carpi, ex-tesoureira da Prefeitura de Jales, morre aos 41 anos

thumbnail

A ex-funcionária pública esteve no centro de um dos maiores escândalos de corrupção da história de Jales, mais de R$ 9 milhões foram desviados da Prefeitura, conforme o Ministério Público

Jales possuiu mais de 36 mil eleitores aptos para votar nesta eleição

thumbnail

As eleições vão ocorrer no dia 6 de outubro, quando eleitores de todo o país são convocados para comparecer às urnas e eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.