Quinta-Feira, 01 de Novembro de 2018 às 15:15

Dom Reginaldo Andrietta explica sentido do Dia de Finados

Em todo o mundo, a Igreja Católica celebra o Dia de Finados em 2 de novembro. Nessa data, missas são celebradas em cemitérios e nas paróquias, especialmente na intenção dos falecidos.

thumbnail

Participar desta celebração é um ato de gratidão, caridade e uma consequência da fé. Este é um dia em que nós nos lembramos daqueles que estão na presença de Deus. Para nós, que temos fé, a morte não tem a palavra final. A palavra final pertence à vida, porque o Senhor ressuscitou.

No Dia de Finados, a liturgia indica o uso de paramentos de cor preta ou roxa e pede sobriedade na ornamentação e nos cantos.

Tudo indica que a escolha do dia 02 de novembro, dia seguinte à comemoração de Todos os Santos, foi feita levando-se em conta que os mortos que não estavam colocados na lista dos santos canonizados tinham também a necessidade de orações.

O Bispo da Diocese de Jales, Dom Reginaldo Andrietta explicou o sentido da data que celebraremos amanhã, bem como a importância da valorização da vida. 

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

Ouça a entrevista

imagem

Papa Francisco - "Espírito Santo, artífice da comunhão e artista da reconciliação"

thumbnail

Dissertando sobre o acontecimento de Pentecostes, em sua catequese na Praça São Pedro o Papa falou da linguagem da verdade e do amor, que é universal: mesmo os analfabetos podem compreendê-la.

Tempo seco já faz crescer número de queimadas no interior paulista

thumbnail

O total de 99 focos acumulados este mês é o maior desde o início do ano. No mesmo período de maio foram 81 e, em abril aconteceram 78.