Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019 às 16:46

Diocese de Jales festeja 60 anos de sua criação

A data de sua criação é muito significativa: a Igreja festeja Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira principal da América Latina.

thumbnail

A Diocese de Jales festeja, hoje, 60 anos de sua criação. O Papa São João XXIII a criou por meio da Bula Ecclesia Sancta (Igreja Santa), no dia 12 de dezembro de 1959, sendo instalada no dia 15 de agosto do ano seguinte. 

Para comemorar essa data, a Diocese de Jales se congrega, hoje, às 20h, na Igreja Cristo Luz do Mundo, em Ilha Solteira, na celebração da ordenação diaconal do seminarista Juliano Fortunato Godoy de Souza, de Fernandópolis. Oremos por ele e por nossa Diocese, pedindo que o Senhor nos sustente na missão. Que Nossa Senhora de Guadalupe seja nossa protetora!

Como surgiu a devoção a N. Sra. de Guadalupe e qual sentido tem ela para nós, hoje? Essa devoção começou no México, quando apareceu a um índio chamado Juan Diego, demonstrando que Deus estava intervindo em favor dos indígenas daquele país, que lutavam contra a dominação que os afligia.

"Não estou eu aqui que sou tua mãe?" foi uma frase dita por Nossa Senhora a Juan Diego, em 1531. Essa presença materna e defensora que encorajou os indígenas daquele país, naquele tempo, continua encorajando os oprimidos de todos os lugares e de todos os tempos.

Em Maria, sob o título de Guadalupe, na América Latina, de Aparecida, no Brasil, e de Assunção, na Diocese de Jales, encontramos forças para viver nossa missão evangelizadora. No sofrimento, ela nos conforta. No medo, ela nos encoraja. Que ela nos mantenha confiantes em seu Filho Jesus, Deus conosco, desde sempre e para sempre!


Jales, 12 de dezembro de 2019.

Cordialmente, Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales. 

imagem

Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial

thumbnail

Calendário de pagamento será divulgado na próxima semana

Urânia tem 326 casos de dengue confirmados em 2020

thumbnail

Chama atenção o fato de todos os casos terem ocorrido dentro dos limites municipais, ou seja, em nenhuma ocorrência o vírus foi contraído fora da cidade e notificado em Urânia