Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018 às 18:53

Câmara de Jales aprova resolução que pune vereadores suspeitos de embriaguez

Após atitudes inconvenientes de um vereador a nova resolução do Conselho de Ética foi proposta e possibilitará a suspensão e punição para vereadores que apresentem comportamento inadequado sob uso de bebida alcoólica.

thumbnail

Os vereadores aprovaram na noite desta segunda-feira, 08 de outubro, por nove votos favoráveis e uma abstenção, um projeto de resolução incorporado ao Conselho de Ética do Poder Legislativo que estabelece suspensão para vereadores alcoolizados durante sessões, para isso será necessário que três vereadores atestem a embriaguez. Optou por abster o voto o vereador Luiz Henrique Viotto (PP), conhecido como Macetão.

As discussões começaram nesta segunda-feira, 1º de outubro, na sessão ordinária quando sete dos dez vereadores assinaram a resolução 3/2018.  Com esta modificação os vereadores pretendem punir algum membro que “comparecer à Sessão da Câmara Municipal ou às reuniões apresentando sinais exteriores e comportamentos que denotem estar sob efeito etílico ou de entorpecentes, devendo tal fato ser atestado por 1/3 (um terço), ou mais, dos senhores Vereadores” consta o texto aprovado.

De acordo com relatos dos vereadores, um dos colegas foi identificado com comportamento e conduta que não condiz com a postura necessária para uma sessão camarária, reuniões. Advertências verbais foram feitas por meio do setor administrativo da Câmara, contudo novos fatos foram registrados.    

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

Ouça a entrevista

imagem

Jales: Casas do Conjunto Honório Amadeu são invadidas por lama das chuvas

thumbnail

“Após anos de espera achei que ia perder minha casa em uma noite”, relatou um morador. Por sorte eu ainda não mudei pra lá; disse ele.

AVCC traça planejamento para o ano e descarta realizar festa das Nações

thumbnail

Dentre as ações da AVCC para o Hospital de Amor, unidades de Jales e Fernandópolis, estão as compras de aparelhos para desinfetar instrumentos cirúrgicos e um escâner para prevenção do câncer de pele.