Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018 às 15:53

Câmara de Jales aprova resolução que pune vereadores suspeitos de embriaguez

Após atitudes inconvenientes de um vereador a nova resolução do Conselho de Ética foi proposta e possibilitará a suspensão e punição para vereadores que apresentem comportamento inadequado sob uso de bebida alcoólica.

thumbnail

Os vereadores aprovaram na noite desta segunda-feira, 08 de outubro, por nove votos favoráveis e uma abstenção, um projeto de resolução incorporado ao Conselho de Ética do Poder Legislativo que estabelece suspensão para vereadores alcoolizados durante sessões, para isso será necessário que três vereadores atestem a embriaguez. Optou por abster o voto o vereador Luiz Henrique Viotto (PP), conhecido como Macetão.

As discussões começaram nesta segunda-feira, 1º de outubro, na sessão ordinária quando sete dos dez vereadores assinaram a resolução 3/2018.  Com esta modificação os vereadores pretendem punir algum membro que “comparecer à Sessão da Câmara Municipal ou às reuniões apresentando sinais exteriores e comportamentos que denotem estar sob efeito etílico ou de entorpecentes, devendo tal fato ser atestado por 1/3 (um terço), ou mais, dos senhores Vereadores” consta o texto aprovado.

De acordo com relatos dos vereadores, um dos colegas foi identificado com comportamento e conduta que não condiz com a postura necessária para uma sessão camarária, reuniões. Advertências verbais foram feitas por meio do setor administrativo da Câmara, contudo novos fatos foram registrados.    

Mais informações de Jales e Região você confere em www.radioassuncao.com.br

Ouça a entrevista

imagem

Confira Imagens da operação da PF que prendeu servidores do DAAE/SP

thumbnail

Operação Nereu investiga fraudes em licitações de Prefeituras com participação de servidores do DAAE/SP

Palmeira d’ Oeste - Motociclista morre após colidir com carro de motorista embriagado

thumbnail

A vítima foi socorrida e encaminhada para atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu