columnist

Palavra do Bispo

Dom Reginaldo Andrietta

Segunda-Feira, 23 de Dezembro de 2019 às 17:05

NÃO TENHAMOS MEDO DE LUTAR PELO QUE É JUSTO!

Mensagem de Natal e Ano Novo de Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales.

thumbnail

Estimados irmãos, estimadas irmãs.

O Jubileu da Diocese de Jales, que celebramos este ano, se reveste de uma alegria especial neste Natal e Ano Novo. Unamo-nos, pois, em oração, agradecendo a Deus por seu amor derramado em nossos corações ao longo dos 60 anos de nossa Igreja Diocesana. Certos de seu amor para conosco, sempre fiel, continuemos “Crescendo em direção a Cristo” (Ef 4,15), para que, nele, tenhamos vida plena (cf. Jo 10,10).

O nascimento de Jesus é uma das mais belas manifestações amorosas de Deus. Em Jesus, Deus se fez humano na condição de pobre, para libertar-nos da pobreza e resgatar nossa dignidade. Ele viveu como pobre e com marginalizados, curou enfermos, saciou famintos, consolou aflitos, defendeu injustiçados, perdoou pecadores, libertou possessos e ressuscitou mortos, como sinais do seu Reino presente na história.

Contemplemos sua presença em nosso cotidiano. Ele se faz pequeno entre os pequenos, para ajudar-nos a entender que “o mundo será melhor quando o menor que padece acreditar no menor”. Acolhamos, pois, sua ação libertadora, com renovada esperança e o compromisso de construirmos, juntos, um destino digno para a humanidade, a começar por quem está submetido a condições desumanas em nosso próprio país.

“Nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor: quem permanece no amor, permanece em Deus, e Deus permanece nele” (1 Jo 4,16). Portanto, superemos divisões, eliminemos amarguras, renunciemos sentimentos negativos, recusemos a tristeza e o desânimo, e não tenhamos medo de lutar pelo que é justo, pois Jesus Cristo, nosso Salvador, é Deus Conosco para sempre. Alegremo-nos nele!

Feliz Natal e abençoado Ano Novo!

Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales.

imagem

Jubileu na Pandemia

thumbnail

Ana Lúcia Florêncio - Pedagoga

O PROTAGONISMO DA MULHER, INSPIRADO EM SANTA RITA DE CÁSSIA

thumbnail

Padre Natalino Sérgio de Araújo, Coordenador Diocesano de Pastoral