columnist

Editorial da Semana

Editorial da Semana - Diocese de Jales

Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019 às 10:11

MARIA: DISCÍPULA-MISSIONÁRIA DO SENHOR

Padre Valdair Aparecido Rodrigues, Administrador Paroquial da Catedral de Jales, Paróquia Nossa Senhora da Assunção.

thumbnail

No dia 15 de agosto celebramos o dogma da Assunção de Maria ou, na Igreja Oriental, a Dormição de Maria. Por tratar-se de uma solenidade, a Igreja prorroga essa celebração para o domingo seguinte. É por esse motivo que a Igreja particular de Jales realiza sua Romaria nessa data, pois tem como Padroeira Nossa Senhora da Assunção. Neste ano, dar-se-ásua 35ª Edição, com o Lema: “Com Maria oramos e praticamos a Palavra de Deus”.

A vida de Maria está totalmente comprometida com a Palavra de Deus. Desde sua tradição familiar e religiosa, ela soube muito bem colocar-se aos pés do Senhor para escutá-Lo, bem como praticar aquilo que escutou. Essa é a autêntica identidade discipular. Sobre Maria, podemos afirmar que, além de ser a Mãe do Salvador, ela também soube fazer-se discípula do seu Filho Jesus.

Maria, na sua totalidade como pessoa, implica-se com a História do povo de Deus. Ela vê a miséria e o sofrimento de seu povo e, em uma atitude de oração, pede ao Senhor que venha logo a Salvação. Uma jovem com oração desinteressada e com o coração despojado, que nada pede para si, mas para Deus agir em favor de Seu povo. Por isso, a rainha Ester é prefiguração de Maria no Antigo Testamento.

Maria não é deusa, mas a Igreja a reconhece como Agraciada. Ela também não integra as pessoas da Santíssima Trindade, mas se abre ao propósito da Trindade Santa, para que o Pai, pelo Filho Encarnado, na ação do Espírito Santo, revele à humanidade inteira o Seu amorsalvífico,desmedido e incondicional.

Maria é Agraciada por ser a jovem escolhida, a Mãe do Salvador. Como qualquer ser humano, inicialmente,hesita, mas comunicada da ação do Espírito Santo nela e em seu ventre, exulta e aclama: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua Palavra”. (Lc1,38)

Desde então, aquela cuja vida era de inteira confiança no Senhor, agora terá sua vida totalmente referida ao Filho de Deus. Maria gera primeiro pela fé, depois gera no ventre e acompanha todos os passos do seu Filho Jesus. Ela é a mãe que deixa o Filho livremente partir para cumprir a missão designada pelo Pai. Do início aos últimos sinais da vida de Jesus, Maria está presente, e discretamente. Nas bodas em Caná da Galileia, intercede pelo vinho novo e, aos pés da Cruz, a “hora” da Salvação, ela é confiada como Mãe ao discípulo amado, que se torna seu filho.

O discípulo amado torna-se, então, representante da comunidade dos discípulos de Jesus e, por sua vez, é o germe da Igreja nascente e manifestada em Pentecostes, onde está Maria. Esta torna-se, assim, Mãe da Igreja e, mais ainda, ícone da e para a Igreja, a qualsó pode ser reconhecida como tal se totalmente referida a Jesus e ao seu Reino. Nesse sentido, a Mãe Maria, o exemplo de ser humano agraciado que é, torna-se modelo para os que acolhem o seguimento de Jesus com veracidade. Maria é fidedigna, isto é, nela se concretizam o amor e a fidelidade a Deus, ao Seu Reino, instaurado por Seu Filho, e ao próximo, solidarizando-se, como fez com sua prima Izabel, protótipo de todospelos quais ela age com misericórdia e intercessão.

Maria ainda estimulou a primeira comunidade apostólica a não desistir da missão diante das perseguições. Como mãe, ela cuidou das feridas da alma e do corpo, incentivando a propagação da fé no Filho ressuscitado. Essa vida doada e referida a Deus, ao próximo e à Igreja em crescimento, contribuindo para o Senhor agir e realizar a história da salvação, só poderia culminar na graça de ser elevada aos céus pelos anjos do Senhor ou dormir, definitivamente, aqui na terra, e acordar na plenitude do céu, depois de ser conduzida em corpo e alma pelos anjos do Senhor. A vitória de Maria será a vitória de todos os que forem fidedignos a Deus, auscultando o seu conselho: “Fazei tudo o que Ele vos disser”. ( Jo 2, 5).

 

Ouça a entrevista

imagem

A BÍBLIA EM FAMÍLIA

thumbnail

Padre Donizéti Aparecido dos Santos, Administrador da Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Auriflama

VIDA ECOLÓGICA INTEGRAL

thumbnail

Pe. Joílson Domingos André - Paróquia São Bernardo - Fernandópolis