columnist

Palavra do Bispo

Dom Reginaldo Andrietta

Terça-Feira, 15 de Fevereiro de 2022 às 08:38

INVESTIR NA EDUCAÇÃO PARA HUMANIZAR O BRASIL

Dom Reginaldo Andrietta, Bispo Diocesano de Jales

thumbnail

O Brasil desinveste na educação: gastos foram congelados em 2017, por 20 anos, detendo a implementação das 20 metas do Plano Nacional de Educação para a década de 2014-2024, estabelecidas pela Lei 13.005, de 2014. Essa lei determinou investimento em educação pública de, no mínimo, 7% do PIB, até 2019, e 10% até 2024. No entanto, desde 2018, esse investimento não passa de 6%, desafiando todos os que prezam por qualidade e universalidade da educação a reagirem a essa anomalia, urgentemente.

A urgência de se incrementar investimentos na educação é mundial. O Papa Francisco, em sua mensagem de lançamento do Pacto Educativo Global, em 2019, convocou amplamente todos os setores da sociedade mundial a agirem conjuntamente em prol dessa urgência. Segundo ele, “nunca, como agora, houve necessidade de unir esforços numa ampla aliança educativa para formar pessoas maduras, capazes de superar fragmentações e contrastes e reconstruir o tecido das relações em ordem a uma humanidade mais fraterna”.

Em resposta a essa convocação do Papa, a Igreja no Brasil adotou a Educação como tema de sua Campanha da Fraternidade deste ano. O lema dessa Campanha, “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Pr 31,26), inspira educadores e desafia a sociedade brasileira a um novo humanismo, expresso nos sete compromissos do Pacto Educativo Global: colocar a pessoa no centro; ouvir as gerações mais novas; promover a mulher; responsabilizar a família; se abrir à acolhida; renovar a economia e a política; e cuidar da casa comum.

A Diocese de Jales, entendendo a importância de contribuir para construção de uma coexistência social saudável, por meio da educação, lança a público nesta semana, seu Centro Educacional Univida. Esse Centro Educacional tem como objetivos qualificar agentes de pastoral e desenvolver formação socioprofissional e cidadã, tendo como fundamento o princípio ético de serviço à vida e ao bem comum, e como horizonte a ecologia integral e a práxis do humanismo solidário, em favor dos, socialmente, mais vulneráveis.

O curso inaugural deste Centro Educacional, sobre Cristologia, demonstra sua integração à ação evangelizadora da Igreja. Seu referencial fundamental é Jesus Cristo e o Reino de Deus por ele inaugurado historicamente. O projeto pedagógico deste Centro Educacional inspira-se na atitude dialogal de Jesus com todos os segmentos sociais, com vistas ao seu projeto de fraternidade universal, bem como em sua compaixão e solidariedade para como os pobres e sofredores, e sua práxis libertadora e humanizadora.

O Centro Educacional Univida, progressivamente, promoverá formação em distintas áreas socioprofissionais e da vida pública, em parceria com instituições de ensino afins e a Missão Univida. Essa Missão dá seu nome a esse Centro Educacional, por sua credibilidade construída ao longo de dez anos de missão humanitária e por seu engajamento solidário com esta iniciativa educacional. Esperamos com essa iniciativa, compensar o atual desinvestimento público na educação e contribuir para humanizar o Brasil.

Ouça a entrevista

imagem

MINHA VIAGEM À AMAZÔNIA – O QUE VI EM MAUÉS

thumbnail

Pe. Eduardo Lima, Presidente da UNIVIDA e Coordenador Diocesano de Pastoral

PAZ E PRUDÊNCIA

thumbnail

Pe. Antônio de Jesus Sardinha, Vigário Geral da Diocese de Jales