columnist

Editorial da Semana

Editorial da Semana - Diocese de Jales

Sábado, 16 de Março de 2024 às 08:27

A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS RELAÇÕES HUMANAS

Todos os dias, a rotina traz uma série de atividades que devem ser desenvolvidas. Alguns iniciam o dia preocupados diretamente com o trabalho, outros têm o cuidado com os filhos e familiares como principais atribuições.

thumbnail

Todos os dias, a rotina traz uma série de atividades que devem ser desenvolvidas. Alguns

iniciam o dia preocupados diretamente com o trabalho, outros têm o cuidado com os filhos e

familiares como principais atribuições. Em meio às tarefas que desenvolvemos, também é

costume dedicar um tempo para os celulares. Cada dia mais presentes em nossas ações.  

É comum relacionar o uso excessivo de smartphones e demais equipamentos somente as

crianças e jovens. Recentemente uma pesquisa mostrou que os adultos também estão

dedicando muito tempo de seu dia para o celular. São inúmeras as redes sociais que trazem

conteúdos que são planejados especificamente para manter as pessoas conectadas.

O relatório foi lançado pelo Pew Research Center, nos Estados Unidos. O levantamento

apontou que 46% dos pais já se distraíram com o celular enquanto conversavam com os

jovens, representando quase metade do grupo pesquisado. Foram ouvidos pelo instituto 1.453

adolescentes americanos, com idades entre 13 e 17 anos, e os pais deles. A pesquisa foi feita

pela internet entre os dias 26 de setembro e 23 de outubro do ano passado.

Entre as principais conclusões desta pesquisa, aponta que os jovens conectados utilizam os

seus celulares para buscarem por passatempos e interesses, chegando a 69%. No entanto,

somente 30% dos jovens entrevistados apontam o celular como meio de desenvolver e

apreender habilidades sociais. Fato que evidencia um distanciamento nas relações entre os

próprios jovens e seus familiares.

Foi divulgada a mensagem do Papa Francisco para o 58º Dia Mundial das Comunicações

Sociais, que será celebrado no mês de maio de 2024. Ao longo dos últimos anos o Pontífice

tem nos apresentado uma reflexão sobre as relações humanos e a comunicação. No ano de

2021 o convite foi para “ir e ver”, com o desafio principal de “gastar as solas dos sapatos”. O

tema “Vem e Verás”, nos questionando se de fato conhecemos nossa realidade, marcou 2022.

Em 2023, “Falar com a voz do coração”.

Para este ano compreendendo o desenvolvimento tecnológico, o Papa nos convida para uma

reflexão sobre a Inteligência Artificial (IA). Com inúmeras ferramentas à IA está cada vez mais

sendo utilizada, até mesmo para enganar as pessoas. Fotos criadas por IA do próprio Papa

Francisco foram divulgadas e repercutiram em todo o mundo.

O título da mensagem “Inteligência artificial e sabedoria do coração: para uma comunicação

plenamente humana”, aponta-nos desafios e questionamentos importantes. “Compete ao

homem decidir se há de tornar-se alimento para os algoritmos ou nutrir o seu coração de

liberdade, sem a qual não se cresce na sabedoria. Esta sabedoria amadurece valorizando o

tempo e abraçando as vulnerabilidades. Cresce na aliança entre as gerações, entre quem tem

memória do passado e quem tem visão de futuro. Somente juntos é que cresce a capacidade

de discernir, vigiar, ver as coisas a partir do seu termo” escreve o Papa.   

Se a utilização dos aparelhos celulares e aplicativos tem capturado a atenção das pessoas,

distanciando pais e filhos.  Quais serão os impactos com o advento da IA?  Que todo o

progresso tecnológico e de comunicação seja em favor do fortalecimento de nossas relações,

que saibamos usar o virtual para construirmos conexões mais humanas.


Jales, 15 de março de 2024.

Ouça a entrevista

imagem

Corpus Christi: A Mesa Grande e Vazia de Amor e Paz

Corpus Christi: A Mesa Grande e Vazia de Amor e Paz - Editorial da semana com o Padre Júnior Lucato

O AMOR DE CRISTO NOS IMPULSIONA

thumbnail

Padre Jean Ferreira, Pároco da Paróquia Santo Expedito de Jales